"Também não vou ficar me escondendo", diz Wagner sobre possibilidade de prisão

Jaques vagner ainda visitou o acampamento montado em frente a sede da Polícia Federal, em Curitiba, onde o ex-presidente Lula está preso

Wagner, disse que até agora não vê ameaça a nenhuma pessoa

Ao ser questionado se temia ser preso por causa de investigações da Operação Cartão Vermelho, o ex-governador, Jaques Wagner, disse que até agora não vê ameaça a nenhuma pessoa. Wagner ainda disse que ninguém gosta de ser preso, mas que também não vai ficar se escondendo.

“Eu estou sem foro há muito tempo. Eu não acho que a questão da prerrogativa seja uma questão que garanta ninguém. Se de novo, for a subjetividade que prende, aí, tudo bem. Mas até agora não vejo ameaça a nenhuma pessoa. Ninguém gosta de ser preso, mas eu também não vou ficar me escondendo”.

Jaques Wagner foi um dos participantes da sessão que ocorreu na manhã desta sexta-feira, em homenagem ao ex-presidente Lula. Na oportunidade, o ex-governador voltou a afirmar que o momento não é ideal para discutir nomes que possam substituir o ex-presidente nas próximas eleições. 

“Não vai haver esse pedido porque eu vou trabalhar e ele também. É desejo de 43% da população brasileira. Eu antes dizia que não tinha plano. Agora eu sou plano dois ‘ls’. Não discuto esse tema. É proibido. Eu não discuto, nem o PT discute isso”, disse em coletiva na manhã desta sexta-feira (13).

Ele ainda visitou o acampamento montado em frente a sede da Polícia Federal, em Curitiba, onde o ex-presidente está preso.

"Também não vou ficar me escondendo", diz Wagner sobre possibilidade de prisão "Também não vou ficar me escondendo", diz Wagner sobre possibilidade de prisão Reviewed by Correio Barrachocense on abril 13, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Facebook