Professores contratados de Barra do Choça protestam contra salário atrasado e ameaçam parar

A prefeitura se comprometeu em efetuar o pagamento na sexta-feira


O prefeito de Barra do Choça utilizou o Facebook para comemorar, segundo ele, o avanço na educação. "Foi um ano de muitas lutas, dificuldades, mas, com muito esforço, dedicação e compromisso, conseguimos avançar na Educação. Por isso, agradeço a todos que fizeram parte dessas conquistas. O meu muito obrigado!". Este foi o texto publicado no perfil de Adiodato Araújo.

Ações como: a realização do 5º Fórum de educação, reforma de algumas escolas, o desfile de 7 de setembro e os jogos estudantis, são consideradas conquistas pelo administrador.

Veja o calendário de matrículas na Rede Estadual de Ensino da Bahia

Porém o avanço comemorado pelo gestor não reflete nas ruas. Na manhã desta terça-feira, 09, professores contratados ocuparam a Prefeitura para cobrarem o salário atrasado do mês de dezembro e o décimo terceiro.

[video width="900" height="450" m4v="http://correiobarrachocense.com/wp-content/uploads/2018/01/Barra-do-Choça-BATV.m4v"][/video]

Os professores só saíram da prefeitura depois de ter falado com Adiodato. A prefeitura assumiu o compromisso de efetuar o pagamento do mês de dezembro na sexta-feira, 12 de janeiro. Sobre o décimo terceiro, a informação de quando será pago, deve ser passada no dia 31.

[caption id="attachment_2003" align="aligncenter" width="506"]Professores contratados de Barra do Choça cobram salário atrasado Professores cobraram salário atrasado e o décimo terceiro (FOTO: Blog do Jorge Amorim)[/caption]

Um dos professores disse ao Blog do Jorge Amorim que é difícil o diálogo com o Gestor. “Muito difícil o diálogo com o prefeito. [...] Queremos receber aquilo que é nosso direito – salário de dezembro e o 13º salário- caso não nos pague, não retornamos à sala de aula”, disse o professor ao blog.

Após o compromisso assumido pela prefeitura, a categoria resolveu retornar a sala de aula na quarta-feira, 10. Porém eles voltarão a paralisar suas atividades caso o pagamento não seja realizado na sexta-feira, dia 12.

Protestos dos professores durante o ano de 2017


A educação em Barra do Choça nos últimos anos ficou marcada por paralisações e protestos dos professores. Veja abaixo uma breve retrospectiva da luta dos professores em 2017.

MAIO: Professores param por 3 dias


Em assembléia realizada no dia 25 de maio, os professores da rede municipal de ensino de Barra do Choça decidiram paralisar as suas atividades por três dias.

A decisão foi tomada após o prefeito Adiodato Araújo negar o percentual apresentado pela categoria, e não apresentar nenhuma proposta.

VEJA TAMBÉM: Prefeitura de Barra do Choça adquire dois carros para o Bolsa Família

O prefeito ofereceu 0% de aumento tanto para os servidores municipais como para os professores. A paralisação ocorreu entre os dias 29, 30 e 31 de maio.

No dia 29, os professores foram às ruas protestarem contra a postura adotada pelo Governo Municipal, em não querer dialogar acerca do Reajuste Salarial 2017.

Naquela ocasião, o líder sindical José Francisco, criticou o modelo de gestão implantada no município, segundo ele, o modelo se assemelha ao de Herzem, (Conquista); ACM Neto (Salvador) e Michel Temer (Brasil). “Estamos cansados de ver o prefeito com uma enxada nas costas, limpando muros e postando nas redes sociais, precisamos de um gestor, que assuma os compromissos prometidos e não este show de pirotecnia nas redes sociais". Disse o professor.

Após três dias de paralização, os professores retornaram as atividades no dia 1 de junho.

JUNHO: Secretaria ameaça descontar dias não trabalhados/Professores ocupam a prefeitura

No dia 8 de junho, a secretária de educação, Elisângela Mattos, enviou aos diretores escolares um comunicado informando que em caso de paralisação a administração procederia com o devido desconto dos dias não trabalhados.

No dia 9 de junho, após concentração na Praça do Estudante, os professores se deslocaram até a prefeitura e ocuparam o prédio. A ocupação visava convencer o gestor a sentar-se à mesa e negociar com os professores.

VEJA TAMBÉM: Quase Mil famílias tiveram o Bolsa Família cancelado ou bloqueado em Barra do Choça

Os educadores efetivos pediam 11,03% de aumento, além de outras reivindicações, como, respeito e condições de trabalho. O prefeito Adiodato Araújo oferecia à categoria 0% de aumento.

No prédio da prefeitura os professores entoaram o hino de Barra do Choça, deram explicações acerca dos recursos do FUNDEB e suas finalidades.

Cerca de 150 pessoas participaram da manifestação, entre eles pais e alunos. O protesto foi destaque na TV Sudoeste.

[video width="900" height="450" mp4="http://correiobarrachocense.com/wp-content/uploads/2018/01/Bahia-Meio-Dia-sexta-feira-9-de-Junho-de-2017.mp4"][/video]

Os professores retomaram as atividades no dia 12 de junho.

AGOSTO: estudantes apoiam os professores


No dia 10 de agosto, cerca de 150 estudantes se dirigiram à prefeitura municipal em apoio aos professores e protesto pela falta de aula.

Os estudantes utilizaram cartazes e gritaram palavras de ordem para protestar contra o tratamento dado pela administração municipal aos professores.

Os jovens ainda foram à Câmara Municipal e expressaram a insatisfação quanto a atual situação da educação do município. Ali eles exibiram os cartazes e depois encontraram do prefeito.

Depois de muita luta, a Prefeitura de Barra do Choça avançou nas negociações. Em uma reunião realizada no dia 24 de agosto, entre representantes do Executivo (ausência do gestor), vereadores e comissão de professores acertaram os detalhes de um acordo entre a Administração e o Sindicato dos Professores de Barra do Choça.

VEJA TAMBÉM: 

Notícia diz que o BC anunciou reajuste na energia e na gasolina. O órgão desmente


Apple confirma que Iphones, Ipads e computadores MAC apresentam falhas de segurança

Professores contratados de Barra do Choça protestam contra salário atrasado e ameaçam parar Professores contratados de Barra do Choça protestam contra salário
atrasado e ameaçam parar Reviewed by Correio Barrachocense on janeiro 10, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Facebook