Graves denúncias são feitas contra a rádio comunitária Nova Dimensão FM de Barra do Choça

Adauto Cortes foi procurado para falar sobre o assunto. Ele alegou ter feito os esclarecimentos no programa das 11 as 12


Nos últimos dias, o jornalista Edson Grilo tem feito uma série de denúncias contra a rádio Nova Dimensão FM de Barra do Choça. Ao todo doze denúncias contra a emissora serão apresentadas aos órgãos competentes, ANATEL, Polícia federal, Ministério Público e a Justiça Federal, lotadas em Vitória da Conquista.

[caption id="attachment_2481" align="aligncenter" width="517"]Edson Grilo denuncia irregularidades na Rádio Nova Dimensão FM de Barra do Choça Edson Grilo (jornalista, radialista e professor)[/caption]

Segundo Edson, as denúncias começaram após locutores e programadores serem "expulsos" da emissora, que devia ser comunitária. "Estas denúncias tiveram início no ano de 2016, depois de uma série de expulsões de locutores e programadores e com o total abandono da emissora no que se refere a equipamentos quebrados e sucateados, móveis quebrados, espaço físico em total abandono e as dezenas de irregularidades administrativas e financeiras praticadas pela diretoria e seus administradores", disse o jornalista.

Ainda segundo informações de Edson Grilo, as denúncias não tiveram a devida repercussão em 2016, porque os apoiadores não queriam que as denúncias fossem divulgadas. "Só não foi divulgado naquela época pois as instituições que nos apoiavam não queriam que estas denuncias fossem divulgadas e aí perdemos dois anos de tempo."

Edson ainda disse que o idealizador de todo o processo, foi o radialista Zito Locutor. Zito divulgou um áudio em que afirma que foi expulso da rádio pelo diretor da emissora Adauto Cortes, por solicitar melhorias dos equipamentos da rádio. Segundo afirmação do radialista no áudio, ele não teve direito nem de se despedir.

Veja abaixo a lista de denúncias apresentadas:



  1. A emissora denunciada divulga, abertamente e sem nenhuma restrição, propagandas pagas e fora do contexto de emissora comunitária.

  2. Não é respeitado a imparcialidade quanto a organização religiosa e partido político.

  3. Não existe nenhum respeito as normas estabelecidas pelo Estatuto da emissora, baseado nas Leis de Comunicação em vigor.

  4. O sinal transmitido pelos equipamentos da emissora ultrapassam em muito o limite exigido pela Lei.

  5. Cobranças indevidas de valores (em média R$300,00 por mês), a título de prestação de serviços aos locutores e programadores.

  6. Não existe o Conselho Comunitário, que é obrigatório existir por Lei e pelo Estatuto, efetivamente constituído ou em funcionamento, onde deveriam participar cinco representantes de cinco instituições públicas ou comunitárias.

  7. Não existe nenhum tipo de prestação de contas (é obrigatório por Lei) dos recursos recebidos ou das despesas pagas.

  8. Suspeitamos que os funcionários que prestam serviços a emissora ou em programas não possuem regularização junto a Justiça do Trabalho.

  9. A comunidade, de forma geral e sem exceção não tem participação nenhuma nas diretrizes e funcionamento da emissora.

  10. A maioria dos equipamentos essenciais da emissora não funcionam.

  11. Reprodução de programas de outras emissoras a exemplo de Silas Malafaia e outras peças de outros programas, que não é permitido pela legislação.

  12. Até pouco tempo atrás a emissora não retransmitia o programa “A Voz do Brasil” que achamos ser obrigatório, em todo o Brasil.


[audio mp3="http://correiobarrachocense.com/wp-content/uploads/2018/01/Áudio-de-Zito-Locutor.mp3" loop="true"][/audio]

Adauto Cortes foi procurado para falar sobre o assunto. Ele afirmou ser conhecedor das denúncias, porém não deu maiores informações, alegando ter feito os esclarecimentos no programa das 11 as 12 (programa Resenha Esportiva-de Maurício Bleg).

DOCUMENTOS: 


Veja as denúncias na íntegra

Veja as perguntas mais frequentes sobre Rádio Comunitária

Conheça o Estatuto da rádio Nova Dimensão de Barra do Choça

 
Graves denúncias são feitas contra a rádio comunitária Nova Dimensão FM de Barra do Choça Graves denúncias são feitas contra a rádio comunitária Nova Dimensão FM
de Barra do Choça Reviewed by Correio Barrachocense on janeiro 22, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Facebook